COMO SE LIVRAR DAS TARIFAS BANCÁRIAS

Você sabia que muitas pessoas chegam a desembolsar mais de 50 reais por mês com tarifas bancárias?

Você já verificou a quantidade de tarifas bancárias que paga todos os meses?

A educação financeira fornece opções que estão fora do radar da maioria das pessoas. Uma destas opções você vai descobrir neste artigo.

O PACOTE DE SERVIÇOS


Estas são algumas das principais tarifas cobradas pelas instituições financeiras:

  • Tarifa de manutenção de conta;
  • Tarifas de transferências (DOC e TED);
  • Impressão de extratos;
  • Saques.

Todos os bancos de varejo oferecem esses e outros serviços através de pacotes com franquias limitadas. Por exemplo, se o cliente não ultrapassar o limite de transferências mensais estabelecido no seu pacote de serviços, não sofrerá cobranças adicionais (mas pagará a tarifa do pacote, impreterivelmente).

Você acha que faz algum sentido pagar por um serviço que pode ser obtido de graça?

Talvez essa informação lhe pareça surpreendente, mas acredite, você não precisa pagar tarifas de manutenção de conta e mesmo assim poderá realizar saques, transferências e consultar extratos ilimitadamente.

É isso mesmo, existe uma forma de você nunca mais ser cobrado por tudo isso!

Os pacotes (ou cestas) de serviços são uma das maiores enganações que os bancos tentam empurrar aos clientes. Vou relatar minha experiência pessoal e você vai entender o porquê dessa afirmação.

Abaixo segue uma tela descritiva do que seria atualmente o pacote de serviços mais adequado para o meu perfil de utilização, oferecido pelo Banco do Brasil (o banco onde mantenho minha conta principal).

como se livrar das tarifas bancáriasEsse é o segundo pacote mais caro ofertado pelo banco (estranhamente, é o que oferece o maior número de transferências para outros bancos).

Os serviços bancários que utilizo em todos os meses são as transferências via DOC ou TED e, eventualmente, saques nos caixas eletrônicos. Vamos analisar esses pontos:

> Transferências por meio de DOC ou TED: observe que o pacote oferece uma franquia de até 3 transferências por mês. Como eu realizo em média 4 transferências mensais, sofreria uma cobrança adicional de R$ 7,85/mês.

> Saques: o pacote oferece uma franquia de até 12 saques mensais. Eu não realizo mais do que dois por mês, então não seria cobrado por esse serviço.

Todos os outros itens do pacote são irrelevantes para mim, principalmente o cheque (por sinal, eu abomino esse instrumento).

Você reparou que o preço de manutenção do pacote é R$ 31,50?

Assim, caso eu não conhecesse outras alternativas, seria obrigado a gastar R$ 39,35/mês (R$ 7,85 de transferências + R$ 31,50 de manutenção do pacote).

Indecentes R$ 472,20 por ano!

Bem, talvez você utilize cheque e outros serviços bancários, ou talvez não. O fato é que você pode estar pagando muito caro pelo que usa, ou pior, pode estar pagando pelo que não usa, sem a menor necessidade (com o perdão da redundância).

A seguir você irá aprender o que eu fiz para economizar centenas de reais por ano e nunca mais gastar com tarifas bancárias. Se esse artigo estiver sendo útil para você, deixe seu e-mail abaixo para receber em primeira mão outros artigos interessantes como esse.

CONHEÇA MAIS PARA DECIDIR MELHOR

A CONTA DE SERVIÇOS ESSENCIAIS


Você pode economizar centenas de reais todos os anos se abrir uma Conta de Serviços Essenciais.

Essa modalidade, instituída pela Resolução nº 3.518/2007 e atualizada pela Resolução 3.919/2010, ambas do Banco Central, determina que as instituições financeiras ofereçam o seguinte conjunto de serviços gratuitos:

  • Cartão com função débito;
  • Até quatro saques por mês;
  • Até duas transferências de recursos mensais entre contas na própria instituição;
  • Até dois extratos por mês;
  • Consultas pela internet;
  • Até 10 folhas de cheques por mês.

Tal configuração de serviços certamente atende as necessidades de muitas pessoas e é completamente gratuita.

Rômulo, porque o banco não me avisou sobre isso?

Parece inacreditável, mas não se surpreenda caso você decida ir hoje até sua agência e descubra que o funcionário do banco “não sabe do que você está falando”.

Isso tem uma explicação: nenhum banco dá destaque à possibilidade de abertura de uma conta gratuita, pois ela contraria os interesses financeiros da instituição e não gera comissões e pontuações nos rankings dos funcionários.

Pelo contrário, quando abrimos uma nova conta são oferecidas as diferentes modalidades de pacotes de serviços como se não existissem outras opções. Isso quando o termo de adesão já não vem impresso com a opção do pacote preenchida. Pura malandragem!

Também não se espante se no termo de adesão não houver nenhuma menção à opção da Conta de Serviços Essenciais.

É por isso que informação é poder. Se encontrar resistência, demonstre ao funcionário do banco que você está bem informado e exija a abertura da conta gratuita.

Você percebeu que a Conta de Serviços Essenciais não contempla transferências para outros bancos (DOC e TED)?

Por esse motivo essa modalidade não serve para o meu perfil. Se você também tem a necessidade de transferir recursos para outra instituição, sem problemas, existe uma solução mais completa e também gratuita.

A CONTA ELETRÔNICA


Outra alternativa para economizar centenas de reais todos os anos é abrir uma Conta Eletrônica.

Sua origem se deu a partir da Resolução nº 3.919/2010 do Banco Central, que proibiu a cobrança de tarifas em contas cujos contratos prevejam a utilização exclusiva de meios eletrônicos (internet, telefone e terminais de autoatendimento).

Nessa modalidade você poderá realizar todos os procedimentos garantidos pela Conta de Serviços Essenciais, ilimitadamente, com a vantagem de também poder realizar transferências para outras instituições.

A única exceção é que essa conta não oferece cheques (para mim em particular isso não faz a menor diferença, nunca usei um cheque).

Diferentemente dos serviços essenciais, cuja obrigatoriedade se estende a todos os bancos, a Conta Eletrônica é um produto facultativo, portanto, não está disponível em todas as instituições.

O meu banco oferece a Conta Eletrônica?

Para nossa alegria a Conta Eletrônica está presente nos principais bancos do país :), sob nomes comerciais diferentes.

Portanto, é bastante provável que o seu banco esteja nesse seleto grupo. Caso contrário, considere fortemente a possibilidade de mudar de banco, se quiser deixar de pagar tarifas.

E vá preparado para encontrar alguma resistência no atendimento. Eles não querem que você pare de gastar à toa com eles. Persista e você conseguirá.

Como abrir uma Conta Eletrônica no Banco do Brasil – Pacote Digital

Se você não é correntista do Banco do Brasil acesse o site da instituição e clique na opção “Conta Corrente e Serviços”, à esquerda da tela.

Como abrir uma conta eletrônica no Banco do Brasil

O Pacote Digital não está na lista – mas ele existe. Clique na opção “Abra sua Conta”, à direita do site.

Como abrir uma conta eletrônica no Banco do Brasil

Neste ponto você encontrará a opção de adesão ao Pacote Digital. É só clicar.

Como abrir uma conta eletrônica no Banco do BrasilVocê chegou à tela de cadastro. Proceda conforme as instruções apresentadas.

Como abrir uma conta eletrônica no Banco do Brasil

Se você já é correntista do Banco do Brasil vá até sua agência e solicite a alteração de sua conta para o Pacote Digital.

Esteja preparado para superar uma possível má vontade ou até ignorância do atendimento do banco no que concerne ao assunto.

Como abrir uma Conta Eletrônica no Bradesco – DigiConta

Se você não tem conta no Bradesco acesse o site do banco e clique na opção “Abra sua Conta”, à esquerda da tela.

Como abrir uma conta eletrônica no Bradesco

Clique na opção DigiConta e em seguida em “Avançar”.

Como abrir uma conta eletrônica no BradescoRealize o cadastro conforme instruções do site.

Como abrir uma conta eletrônica no Bradesco

Se você já é correntista do Bradesco não realize os procedimentos no site. Vá direto à agência e solicite a alteração de sua conta para a modalidade DigiConta. Se o banco resistir, insista. Você já sabe o que pode e o que quer.

Como abrir uma Conta Eletrônica no Itaú – iConta

Se você não possui conta no Itaú acesse aqui o site do banco, vá ao menu “Produtos” e clique na opção “Abra sua conta”.

Como abrir uma conta eletrônica no ItaúNo site do Itaú não existe uma área específica para adesão à Conta Eletrônica. Siga as instruções deste formulário geral e quando comparecer à agência informe a sua intenção de abrir a iConta.

Como abrir uma conta eletrônica no ItaúSe você já é correntista do Itaú vá direto para a agência onde mantém conta e solicite sua migração para a iConta. Demonstre estar bem informado caso encontre alguma dificuldade.

Como abrir uma Conta Eletrônica no Intermedium – Conta Digital

Outra instituição financeira que oferece a modalidade de conta eletrônica é o Banco Intermedium.

Para abrir a sua acesse o site do banco e clique no botão “ABRA SUA CONTA”, à direita da tela.

Como abrir uma conta eletrônica no IntermediumNa tela seguinte clique no botão com os dizeres “ABRA AGORA SUA CONTA”.

Como abrir uma conta eletrônica no IntermediumPreencha as informações de cadastro conforme instruções da tela.

Como abrir uma conta eletrônica no IntermediumNo caso do Banco Intermedium, além de entregar a documentação na agência, você pode realizar todo o processo via Correios. Para isso é necessário reconhecer firma por autenticidade na Ficha Proposta enviada pelo banco e enviar cópias autenticadas dos documentos.

Nessa instituição certamente você não encontrará resistência para abrir sua Conta Eletrônica, pois é a única modalidade oferecida. O banco está com isso tentando fidelizar novos clientes para crescer no mercado.

CONSIDERAÇÕES FINAIS


Antes de concluirmos o artigo, compare na tabela abaixo os principais serviços disponíveis nas modalidades de Conta de Serviços Essenciais e Conta Eletrônica.

Como se livrar das tarifas bancárias Lembrando que as duas modalidades podem ser contratadas apenas por pessoas físicas.

Agora você já sabe como se livrar das tarifas bancárias. Fique à vontade para compartilhar alguma experiência. Se ficou com alguma dúvida, deixe um comentário, que teremos o maior prazer em responder.

  • Olá Lucas.

    Você quer dizer ter as duas contas ao mesmo tempo? Não conheço impedimento, mas o banco pode resistir em fazer isso. Eu particulamente só uso conta eletrônica, e como não preciso de cheque, ela atende a todas as minhas necessidades.

    Grande abraço e se não esclareci sua dúvida pode retornar a perguntar.

  • Lucas

    Olá Rômulo !

    Será que é possível ter uma conta com serviços essenciais juntamente com uma conta digital ?

  • Michela Roberta Caldeira Gusmã

    Obrigada pelo retorno!

  • Oi Michela. Se você não precisa fazer transferências, a conta de serviços essenciais será suficiente. Caso precise, negocie com seu gerente uma cota de transferências gratuitas. Eles podem fazer isso. Ou então considere trocar de banco.

  • Michela Roberta Caldeira Gusmã

    Bom dia, Rômulo!
    Alguma coisa me diz que o Santander não tem uma iConta…
    Tentarei ao menos a de Serviços Essenciais!
    Obrigada pelos esclarecimentos. Compartilhando já!

  • Excelente decisão Rafael. Depois deixa registrado aqui se você teve alguma dificuldade com o banco.
    Abraço!

  • Rafael Paes

    Muito legal. Mudando para uma iConta agora!!

  • Valtaira Abadia da Silva

    Excelente artigo…muito esclarecedor!